Como diferenciar os sintomas de pressão alta ou baixa

Uma forma de diferenciar os sintomas de pressão alta ou de pressão baixa é que, na pressão baixa, é mais comum sentir-se fraco e com a sensação de desmaio, enquanto que na pressão alta é mais frequente sentir palpitações ou uma dor de cabeça persistente.

717

Porém, a forma mais eficaz de diferenciar é mesmo medir a pressão arterial em casa, utilizando um aparelho eletrônico, ou na farmácia. Assim de acordo com o valor da medição, é possível saber de qual tipo de pressão se trata:

  • Pressão alta: superior a 140 x 90 mmHg
  • Pressão baixa: inferior a 90 x 60 mmHg
  • Diferenças entre pressão alta e baixa

Outros sintomas que podem ajudar a distinguir a pressão alta da pressão baixa incluem:

Sintomas de pressão alta: 
  • Visão dupla ou embaçada 
  • Zumbido nos ouvidos 
  • Dor na nuca 
Sintomas de pressão baixa:
  • Visão turva 
  • Boca seca 
  • Sonolência ou sensação de desmaiot

Desta forma, se surgir dor de cabeça persistente, zumbido nos ouvidos ou palpitações no coração, provavelmente a pressão está alta. Já, se apresentar fraqueza, sensação de desmaio ou boca seca, poderá ser pressão baixa.

Existem ainda casos em surge sensação de desmaio, mas que está associada a uma queda dos níveis de açúcar no sangue, sendo facilmente confundida com uma queda de pressão. Veja como como diferenciar pressão baixa da hipoglicemia.

  • O que fazer em caso de pressão alta

Em caso de pressão alta, deve-se tomar um copo de suco de laranja e tentar se acalmar, pois a laranja ajuda a regular a pressão por ser diurética e rica em potássio e magnésio. Caso se esteja tomando algum remédio para pressão alta prescrito pelo médico, deve-se tomá-lo.

Se após 1 hora a pressão ainda continuar alta, ou seja, superior a 140 x 90 mmHg, é aconselhado ir ao hospital para tomar um remédio para baixar a pressão, pela veia.

  • O que fazer em caso de pressão baixa

Já nos casos de pressão baixa, é importante deitar em um local arejado e manter as pernas elevadas, afrouxar as roupas e elevar as pernas, de forma a aumentar a circulação do sangue para o cérebro e regular a pressão arterial.

Quando os sintomas de pressão baixa passarem, a pessoa pode levantar-se normalmente, no entanto, deve repousar e evitar fazer movimentos bruscos.

Quem tem a pressão baixa deve fazer uma alimentação normal, saudável e equilibrada.

O maior consumo de sal não é recomendável e não trata a pressão baixa, porém, quem sofre com sonolência, boca seca, cansaço ou tonturas frequentes por causa da pressão baixa pode experimentar:

  • Comer um quadradinho de chocolate meio-amargo após o almoço, pois tem teobromina, que é uma substância que melhora a frequência cardíaca e combate a pressão baixa;
  • Ter sempre por perto uma bolacha de água e sal, leite desnatado em pó ou ovo cozido, que pode-se comer ao lanche, por exemplo;
  • Beber chá verde, chá mate ou chá preto durante todo o dia, porque possui teína, uma substância que ajuda a manter a pressão controlada;
  • Tomar um copo de suco de laranja se a pressão baixar de repente.

Além disso, é importante tomar sempre o café da manhã, que deve incluir um suco de laranja natural e um café para ajudar a aumentar a pressão e melhorar os sintomas de pressão baixa, como tonturas e, embora cada pessoa responda uma maneira diferente a estas medidas, normalmente melhora muito a sensação de bem-estar.

Por: Drª. Ana Luiza Lima  | Cardiologista

Dr. Ana Luíza Medeiros Vasconcelos Lima possui mais de 10 anos de experiência e é formada pela Universidade Federal de Pernambuco desde 2008 – CRM/PE – 16886. Médica cardiologista pela FUNCORDIS – (Fundação para Incentivo ao Ensino e Pesquisa da Cardiologia) – PE. Pós-graduada em Ecocardiografia pelo PROCAPE (Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco).

 

Inscreva-se em nossa newsletter
Inscrevendo-se você recebe informações atualizadas do nosso portal
Você pode sair da nossa lista quando quiser!

Comentários estão fechados.